O MÉDICO é destaque nas livrarias Cultura em São Paulo!

O MÉDICO é destaque nas livrarias Cultura em São Paulo! 
Dr. Beny Schmidt relata casos clínicos surpreendentes em seu quarto livro. A obra conta casos médicos reais e inusitados em que o especialista conseguiu, de forma surpreendente, dar esperança a pacientes já sem força e vontade de viver.

A noite de autógrafos será realizada no dia 31 de maio de 2017 na livraria Cultura do Shopping Iguatemi em São Paulo. Participe!

 

 

 

 

 


___________________________

Único latino-americano a acumular os títulos de patologista e neurologista, o médico Beny Schmidt está lançando seu quarto livro. Chamada “O Médico”, a obra conta casos médicos reais e inusitados em que o especialista conseguiu, de forma surpreendente, dar esperança a pacientes já sem força e vontade de viver.
“Eu sempre gostei de contar os casos mais estranhos e os resultados impressionantes dos quais eu tive a oportunidade de participar. E o meu filho sempre vibrava muito quando as histórias acabavam bem. Um dia ele me perguntou por que eu não fazia um livro com esses casos, que poderiam beneficiar muitos leitores”, explica o autor.

Segundo Schmidt, a inspiração veio do livro “O Homem que Confundiu sua Mulher com um Chapéu”, em que o cientista e neurologista Oliver Sacks transforma casos clínicos em artefatos literários. “Foi daí que resolvi começar a escolher os casos mais interessantes e escrever sobre eles. Assim nasceu ‘O Médico’, que tem como principal objetivo gerar uma reflexão entre meus colegas brasileiros, numa apologia à medicina humanista”, diz.

O livro é formado por 12 tríades, ou seja, capítulos com a mesma estrutura: um poema, uma personagem e um arrazoado.

Outras obras – Dr. Beny Schmidt escreveu três livros que formam a “Trilogia do Amor”, abordando maneiras diferentes de amar: “Patrícia – Cartas e Versos para a Mulher Amada”, “Vida em Fúria” e “Tolsty – Retratos de um Amor por um Cão”.

“Patrícia: Cartas e Versos para a Mulher Amada”. Por meio de poemas, pequenos contos, reflexões e observações sobre o dia a dia, Beny Schmidt presta uma homenagem especial à sua esposa, Patrícia. No entanto, o alcance dos textos é muito mais amplo, funcionando como uma declaração de amor à humanidade e um forte alerta em relação ao modo como vivemos hoje.

“Vida em Fúria”. Obra autobiográfica que fala de temas vivenciados por Beny Schmidt e contados de forma leve e cativante. Em cada um dos 12 capítulos, o autor exalta seu amor pela vida e pelos animais, sem deixar de fazer um importante alerta ao ser humano.

“Tolsty - Retratos de amor pelo seu cão”. Na última obra da trilogia, Beny Schmidt fala do amor desprendido e gratuito pelo seu cão Tolsty, enquanto contempla também, de uma forma mais ampla, a relação do homem com os animais e com a natureza.

Sobre Beny Schmidt
Ao receber do Conselho Regional de Medicina (CRM) o registro de qualificação de Especialista em Neurologia, em abril de 2016, Beny Schmidt tornou-se o único latino-americano a acumular os títulos de patologista e neurologista, um feito inédito na história da medicina brasileira.
É chefe e fundador do Laboratório de Patologia Neuromuscular da Escola Paulista de Medicina e professor adjunto de Patologia Cirúrgica da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Ele e sua equipe são responsáveis pelo maior acervo de doenças musculares do mundo, com mais de doze mil biópsias realizadas, e ajudou a localizar, dentro da célula muscular, a proteína indispensável para o bom funcionamento do músculo esquelético - a distrofina.
Beny Schmidt possui larga experiência na área de medicina esportiva, na qual já realizou consultorias para a liberação de jogadores no futebol profissional e atletas olímpicos. Foi um dos criadores do primeiro Centro Científico Esportivo do Brasil, atual Reffis, do São Paulo Futebol Clube, e do CECAP (Centro Esportivo Clube Atlético Paulistano). 
Foi homenageado pela Câmara Municipal de São Paulo com a entrega da Medalha Anchieta e do Diploma de Gratidão da Cidade de São Paulo, como agradecimento por todos os seus feitos em prol da saúde. Seu pai, Benjamin José Schmidt, foi o responsável por introduzir no Brasil o teste do pezinho.

Please reload

MANDE SUA MENSAGEM

Desenvolvido por Mais Comunicativa.