Medicamento e suporte médico para tratar

 

 

O tratamento da SGB vai depender muito da evolução da doença. Segundo o neurologista Osvaldo Nascimento, em alguns casos, não é necessário o uso de imunoglobulina endovenosa, cabendo ao médico usar critérios específicos para indicar o melhor tratamento. 
"Em casos mais graves, como quando o paciente está na terapia intensiva, será necessário também um suporte de fisioterapia respiratória e segmentar", comenta. 
O especialista em patologia neuromuscular, Beny Schmidt acrescenta ainda que o uso de corticoides não é indicado. 
Schmidt salienta que a melhor prevenção será sempre o "viver com qualidade". "As pessoas precisam entender que a saúde não se compra na farmácia. Quem come bem, se cuida, pratica atividade física e trabalha tem saúde", completa. 
Os indivíduos que têm ou estão imunossuprimidos, ou seja, infectados por HIV, ou que possuem doenças crônicas, reumatológicas, estão em tratamento de câncer ou qualquer outra situação que comprometa o sistema imunológico devem ter atenção especial. 
Segundo Nascimento, outro grupo de risco são os diabéticos porque "têm uma propensão maior de complicação das infecções". Entretanto, ele sustenta que não há motivo para alarde. "Aquelas pessoas que foram infectadas pelo zika devem observar se surgem esses sintomas nos primeiros sete dias. Em caso positivo, devem procurar um médico. Além disso, vale reforçar a importância de acabar com o mosquito transmissor (Aedes aegypti) e usar repelente", finaliza. (M.O.)

 

Link da Matéria: http://www.folhaweb.com.br/?id_folha=2-1--1194-20160118&tit=medicamento+e+suporte+medico+para+tratar

Please reload

MANDE SUA MENSAGEM

Desenvolvido por Mais Comunicativa.